JI-PARANÁ: SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE TENTA NORMALIZAR A COLETA DE LIXO

Postada em 10 maio 2024, 18:42:00

"Empresa responsável vem realizando serviço de forma deficitária"

 

As constantes reclamações na coleta de lixo e as providências adotadas pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), norteou a entrevista coletiva com profissionais da imprensa de Ji-Paraná, na manhã de quinta-feira (9). Entres os fatores causadores do desconforto a população, os problemas internos e o quadro funcional reduzido pela empresa Recicle, que detém o contrato emergencial, assinado pelo prefeito interino Joaquim Teixeira (PL), orçado em R$ 5 milhões

 

Com contrato de duração de 6 meses, o contrato firmado em novembro de 2023, com a empresa com matriz na cidade de Belém (PA), tem vínculo de prestação de serviços com o município até o fim deste mês. Entre as exigências, a contratada deve ter sete caminhões atuando e um de reserva. Cada caminhão com uma equipe composta de motorista e mais três coletores.

 

 

Foi constatado que os números não são atendidos e que apenas cinco caminhões vinham realizando os serviços diários. Contudo, o problema se agravou sendo que nos últimos dias, por questões internas, alguns colaboradores da Recicle começaram a faltar, alegando problemas de saúde. Cobrada, a empresa buscou novas contratações, mas ainda não conseguiu a normalização.

 

Na busca pela solução do problema, a Prefeitura de Ji-Paraná, já antecipou a abertura de licitação para a contratação emergencial de uma nova prestadora de serviço e assim normalizar de vez a coleta de lixo na Ji-Paraná. De acordo com a secretária da Semeia, Bruna Firmino Enck, em cerca de 15 dias o processo de contratação deverá estar concluído.

 

Bruna falou da situação preocupante que Ji-Paraná enfrenta atualmente. “Essa instabilidade na coleta de lixo, é uma questão que afeta diretamente a qualidade de vida de seus habitantes. A Prefeitura, por meio da Semeia, está empenhada em buscar soluções imediatas para resolver esse impasse. A prioridade é garantir que a coleta de lixo seja realizada de forma eficiente e regular, atendendo às necessidades e expectativas dos cidadãos ji-paranaenses”, frisou.

 

Bruna ressaltou, que todos os pagamentos devidos à empresa responsável pela coleta estão rigorosamente em dia. Diante disso, a Prefeitura através da Semeia está empenhada em buscar soluções imediatas para resolver esse impasse. A prioridade é garantir que a coleta de lixo seja realizada de forma eficiente e regular, atendendo às necessidades e expectativas dos cidadãos ji-paranaenses. Medidas estão sendo tomadas para resolver essa questão, e a administração municipal reitera seu compromisso com o bem-estar e a qualidade de vida de todos os munícipes.

 

Texto:

Assessoria

 

Foto:

Divulgação

Enquete

PLACA MERCOSUL : MODELO DEVE TER NOVA MUDANÇA COM NOMES DE ESTADOS E CIDADES, VOCÊ CONCORDA?

9
6
Resultados
© 2023 Central Rondonia - Todos os direitos reservados
desenvolvimento Adilson