Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

SAÚDE >> SECRETARIA REALIZA AÇÃO DE PREVENÇÃO DE COLO DE ÚTERO - LEIA!

A equipe do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) vai realizar a partir da próxima segunda-feira (18) uma ação de prevenção de câncer de colo de útero nas empresas de Ji-Paraná. De acordo com a coordenadora dos Programas Estratégicos de Saúde da Família, Débora Cristina Pellenz, a finalidade desta ação é atender as mulheres entre 25 e 59 anos de idade que não tiveram a oportunidade de coletar o exame preventivo, conhecido como papanicolaou, durante a Campanha de Prevenção de Câncer do Colo do Útero, que foi realizada entre os últimos dias 2 e 8, nas Unidades Básicas

De Saúde (UBS). “Durante esta campanha foram realizados 1.291 exames. Como muitas mulheres trabalham o dia inteiro e não puderam participar decidimos firmar esta parceria com as empresas”, afirmou Débora Pellenz.

A ação vai iniciar na próxima segunda-feira, das 19 às 22 horas, na UBS Nova Brasília, visando coletar o exame preventivo das mulheres que trabalham nos supermercados Bom Dia e Taí da T-14. “A equipe ficará atendendo, neste horário, até o dia 22 na UBS Nova Brasília”, disse a coordenadora.

Na próxima quarta-feira (20), das 8 às 17 horas, a equipe do DAB realizará a coleta do exame preventivo na empresa Pemaza Auto Peças. “Na quarta-feira vamos atender todas as mulheres entre 25 e 59 anos que trabalham na Pemaza e nas empresas próximas”, informou Débora Pellenz.

De acordo com o Ministério da Saúde, devem fazer o exame todas as mulheres que têm ou já tiveram atividade sexual, principalmente aquelas com idade de 25 a 59 anos. As mulheres grávidas também podem fazer o preventivo. O cuidado que a mulher deve ter antes de fazer o exame são os seguintes: Não estar próximo ao período menstrual, nos três dias anteriores ao exame não ter relação sexual (mesmo com camisinha), não usar duchas ou medicamentos vaginais e coletar o exame após sete dias do término da menstruação. “O Papanicolaou é um teste que examina as células coletadas do colo do útero. O objetivo do exame é detectar células cancerosas ou anormais. O exame pode também identificar condições não cancerosas como infecção ou inflamação. As lesões que precedem o câncer do colo do útero não têm sintomas, mas podem ser descobertas por meio do Papanicolaou. Quando diagnosticado na fase inicial, as chances de cura são de 100%”, finalizou Débora Pellenz.

 

Câncer do colo do útero

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), é um tumor que se desenvolve a partir de alterações no colo do útero, que se localiza no fundo da vagina. A doença passa por diferentes fases antes de se transformar em câncer e no início a mulher não sente nada. Conforme a doença avança, são podem aparecer sangramento vaginal, corrimento e dor, não necessariamente nessa ordem.

Segundo o Inca, o câncer do colo do útero é o segundo tumor mais frequente na população feminina, atrás apenas do câncer de mama, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Por ano, faz 4.800 vítimas fatais e apresenta 18.430 novos casos. Prova de que o país avançou na sua capacidade de realizar diagnóstico precoce é que na década de 1990, 70% dos casos diagnosticados eram da doença invasiva. Ou seja: o estágio mais agressivo da doença. Atualmente 44% dos casos são de lesão precursora do câncer, chamada in situ. Esse tipo de lesão é localizada. Mulheres diagnosticadas precocemente, se tratadas adequadamente, têm praticamente 100% de chance de cura. 

 

Possíveis causas

A causa é a infecção persistente pelo Papilomavírus Humano, o vírus HPV (não confundir com o vírus HIV, que causa AIDS). Existem mais de 100 tipos de HPV, embora poucos causem o câncer do colo do útero. O início precoce da atividade sexual e a diversidade de parceiros podem facilitar a infecção. O fumo aumenta o risco do câncer.

 

Como evitar

Fazendo o exame preventivo (Papanicolaou). Quando as alterações que antecedem o câncer são identificadas e tratadas, é possível prevenir a doença em 100% dos casos. O exame preventivo é a coleta de material do colo do útero por meio de espátula e escovinha. Este material é colocado em uma lâmina de vidro para ser depois examinado em um laboratório.

 

 

Ascom

Semusa

Em 15 de julho de 2011
Comentários
Comente - clique para comentar esta matéria

Formulário de Comentário

 
 
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

© 2018 Central Rondonia - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por dilsoWEB - Soluções em Websites