A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), adquiriu 140 balas de oxigênio (cilindros), que serão utilizados no Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz, em pacientes internados em tratamento contra o novo coronavírus (Covid-19).
A entrega foi realizada na manhã desta quinta-feira (22), no Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid, anexo ao Hospital Municipal. A primeira remessa, inclusive, já chegou carregada, com aproximadamente 1,4 mil metros cúbicos (m³) de oxigênio.
“Essa aquisição das balas de oxigênio é de suma importância à Saúde do município. Em Ji-Paraná nossa dificuldade hoje, não é o oxigênio em si, mas sim os cilindros. Nós não vamos mais ter dificuldades e nem passar dificuldades por falta de cilindros”, destacou a diretora-geral do HM, Maria Edenite Barroso.
Nos primeiros meses de 2021, o consumo de oxigênio no Hospital Municipal subiu vertiginosamente, elevando a demanda diária para cerca de 1 mil m³. Por isso, a aquisição dos novos cilindros irá auxiliar na reposição diária das cargas de oxigênio.
“Nossa principal dificuldade estava sendo encontrar os vasilhames para repor o estoque de oxigênio do município. Agora, temos balas de oxigênio para que essa recarga possa ser realizada mais rapidamente, evitando transtornos e nos auxiliando a salvar vidas”, afirmou o titular da Semusa, Ivo da Silva.
O prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca (MDB), ressaltou que a compra dos cilindros visa evitar o desabastecimento do insumo, proporcionando mais tranquilidade aos pacientes e profissionais da Saúde que atendem no HM.
“As balas de oxigênio darão mais conforto aos pacientes em tratamento de Covid-19, que não terão a preocupação do desabastecimento. Esses cilindros também são importantíssimos para um futuro pós-pandemia, pois o município terá esse estoque para o atendimento regular no Hospital Municipal”, explicou o prefeito de Ji-Paraná.

Autor:

Assessoria