A Executiva Estadual do Partido Democrático Trabalhista – PDT, em solidariedade ao Senador da República, Acir Gurgacz e família, contra atos monocráticos de injustiça e perseguição política, vem a público esclarecer.

As decisões tomadas ferem os princípios do contraditório e ampla defesa, retirando garantias de direito e constitucionais, não respeitando os trâmites legais e não assegurando os meios e recursos inerentes ao caso, inclusive sem a publicação do trânsito em julgado.

O Senador Acir figura apenas como avalista de um contrato particular completamente pago e concluso, e mesmo assim foi o único condenado. Com isso impediram o Estado de Rondônia de ter um grande administrador que apresentou as melhores propostas para o desenvolvimento e crescimento em todas as áreas.

Como Senador foi inquestionável no decurso de todo o mandato, além de angariar cerca de mais R$ 360 milhões em recursos para investimentos no Estado, incluindo saúde, educação e infraestrutura.

Como todas as fases processuais foram até o momento de único julgador, entendemos e esperamos que o Poder Judiciário repare tamanha perda quando forem julgadas pelo Pleno, dando a devida absolvição exercendo a devida justiça.


José de Albuquerque Cavalcante
Presidente em exercício da Executiva Regional do PDT-RO